A cirurgia videolaparoscópica é uma técnica conhecida, popularmente, como cirurgia à laser ou sem cortes e está sendo cada vez mais procurada pelos pacientes. A Dra. Tatiana Catossi, cirurgiã geral e bariátrica da clínica Primed especializada nesse tipo de cirurgia, explica quais as vantagens dessa cirurgia na entrevista a seguir.

O que é a videolaparoscopia?

Dra. Tatiana: A cirurgia videolaparoscópica consiste em uma técnica de cirurgia minimamente invasiva que traz benefícios ao paciente, para ao médico que a realiza e também para o sistema de saúde.
Ela surgiu na década de 1980, consiste em acessar o campo cirúrgico através de mínimas incisões e, utilizando material cirúrgico específico, é possível aumentar a visão do campo cirúrgico em até 20 vezes.

Quais as vantagens desse tipo de cirurgia?

Dra. Tatiana:: São muitas as vantagens e por esse motivo a técnica tem sido muito procurada ultimamente. São realizadas pequenas incisões ao invés de um grande corte durante o procedimento cirúrgico, dessa forma a recuperação do paciente é muito mais rápida, sendo isso um benefício para o paciente tanto em tempo de internação quanto em menos dor no pós-operatório. A cicatrização mais rápida, a melhor estética da cicatriz, o mais rápido retorno às atividades normais e o menor risco de infecção do campo cirúrgico são outras vantagens.
Para o médico a técnica é também benéfica porque, ao aumentar o campo de visão cirúrgica em até 20 vezes, ela o propicia mais destreza e delicadeza durante o procedimento. Para o sistema de saúde como um todo é importante porque o paciente fica menos tempo internado, possibilitando maior disponibilidade de leitos, tanto no sistema público quanto no particular.

Quanto tempo em média o paciente necessita pra retornar a suas atividades profissionais?

Dra. Tatiana: Depende muito de qual cirurgia foi realizada, mas uma média de 2 semanas para o paciente de cirurgia videolaparoscópica. Já numa cirurgia aberta, pode ser necessário ficar até 60 dias afastado de suas atividades.

Para quais casos ela é indicada?

Dra. Tatiana: Essa é uma técnica cirúrgica bem abrangente e com poucas contraindicações. Pode ser realizada tanto na Cirurgia Geral, por exemplo, na retirada de vesícula, retirada de apêndice, cirurgia de refluxo e na cirurgia de obesidade, quanto em cirurgias de diversas outras especialidades, como cirurgias urológicas, ginecológica, ortopédica, entre outras.

Se necessária, essa técnica pode ser aplicada mais de uma vez no mesmo paciente?

Dra. Tatiana: Pode sim, não existe nenhum tipo de limitação nesse sentido. Inclusive ela pode ser utilizada também como um exame, a laparoscopia exploradora, ela irá auxiliar o exame físico e outros exames complementares a fim de encontrar um diagnóstico para a patologia do paciente.

Dra. Tatiana Pasqualini Catossi
Cirurgiã geral, bariátrica e minimamente invasiva
CRM 22429/ PR

Graduada pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).
Residência em Cirurgia Geral pela FURG.
Especialização em Cirurgia Minimamente Invasiva pela Universidade Positivo.
Médica preceptora do Serviço de Residência de Cirurgia Geral do Hospital Universitário.

© 2017 - Clínica Primed desenvolvido por TagBit

%d blogueiros gostam disto: