A hérnia de disco é um problema na coluna que incomoda muitas pessoas. O Dr. Jeziel Nikosky, neurocirurgião da clínica Neuropar, explica porque e como tratar esse problema na entrevista a seguir.

O que é a hérnia de disco?

Dr. Jeziel: É uma cartilagem da coluna que se desloca do seu local de origem, podendo comprimir a medula e as raízes nervosas.

Quais as causas da hérnia de disco?

Dr. Jeziel: A hérnia de disco pode ser causada pela pré-disposição genética, tabagismo, obesidade, postura inadequada e esforço físico inadequado, como praticar esporte sem orientação de um profissional da área ou levantar peso de maneira incorreta.

Quais os sintomas dessa doença?

Dr. Jeziel: Os sintomas consistem em dores persistentes na coluna, em que mesmo com o consumo de remédios a dor retorna. O paciente com a suspeita da doença deve então buscar um neurocirurgião que trate doenças da coluna para fazer os exames necessários de diagnóstico.

Como é feito o diagnóstico?

Dr. Jeziel: O diagnóstico dessa doença é feita por meio de exames físicos e complementares, tais como raio x, tomografia e ressonância magnética.

Qual o tratamento da hérnia?

Dr. Jeziel: O tratamento para essa doença pode ser cirúrgico ou não-cirúrgico. O não-cirúrgico engloba a readequação postural, analgésico e fisioterapia. A readequação postural é importante para corrigir os movimentos diários que são feitos errados e que podem levar à uma reincidência do problema mesmo depois de tratado.
O tratamento cirúrgico pode ser apenas a retirada da hérnia ou, além dessa retirada, são colocados parafusos nas vértebras. O que vai determinar qual o melhor tratamento cirúrgico é a diferença na instabilidade da coluna, a chamada “coluna solta”.

Como é a recuperação do paciente após a cirurgia?

Dr. Jeziel: No dia seguinte o paciente já está andando e aos poucos retorna para as atividades habituais.

Existe uma forma de prevenir a hérnia de disco?

Dr. Jeziel: Com exceção do caso hereditário, é possível evitar a doença se o paciente evitar o tabagismo e a obesidade, sentar adequadamente, evitar erguer pesos muito grandes e fazer exercícios que alonguem e fortaleçam a coluna.

Dr. Jeziel Gilson Nikosky
Neurocirurgião
CRM 16708/ PR
RQE 12587/ PR

Graduado pela Faculdade Evangélica do Paraná.
Residência em Neurocirurgia pelo Instituto de Neurologia de Curitiba (INC).
Membro da Sociedade Brasileira e Norte-americana de Coluna.

© 2017 - Clínica Primed desenvolvido por TagBit

%d blogueiros gostam disto: